Escrito em por & arquivado em Geral, Notícias, Notícias do dia.


Um motorista de caminhão que transportava cigarros para uma empresa deverá receber uma indenização no valor de R$ 11 mil, por ter sofrido mais de dez assaltos nos trajetos que fazia.

O caso

O caminhoneiro entrou com ação trabalhista no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, sob alegação que trabalhava em locais de risco do Rio de Janeiro, onde foi rendido diversas vezes por homens armados, que roubavam a carga de cigarros e o dinheiro dos pagamentos recebidos. Ele diz que em uma das ocasiões ficou no poder dos criminosos durante mais de 1 h.

Visão da Justiça

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho considerou procedente o recurso de revista do caminhoneiro, pois ele estava exposto ao risco do assalto em razão da mercadoria (o cigarro) ser muito visada pelos assaltantes.

De acordo com o relator, o tormento vivido pelo entregador é muito maior do que o de um motorista comum.

O ministro julgou a conduta da empresa culposa por se omitir em proteger o funcionário. Diante disso, fica condenada ao pagamento a título de danos morais no valor de R$ 11 mil.

Fonte: TST